Defesa Civil Estadual capacita agentes multiplicadores para minimização de desastres

  • ícone de compartilhamento

Com o objetivo de qualificar profissionais que trabalham com a prevenção e aprimorar os conhecimentos sobre ações de preparação para desastres, bem como medidas de respostas emergenciais, começa nesta terça-feira (23/5) a capacitação “Regional em Proteção e Defesa Civil e Mudanças Climáticas”.

A capacitação tem a duração de três dias e contempla aulas sobre: Conceituação Básica em Proteção e Defesa Civil, Instalação e Operacionalização da COMPDEC, Mapeamento da Área de Risco, Introdução à Ciência das Mudanças Climáticas (FEAM), Mudanças Climáticas: Impactos, Vulnerabilidades e Adaptação (FEAM), Plano Estadual de Combate à Dengue (SES), Incêndios Florestais no Contexto de Mudanças Climáticas (IEF), Abrigo Temporário, Gestão e Operacionalização, Sistemas de Monitoramento, Alerta e Alarme, Instrução Normativa nº 02/16, Sistema Integrado de Informação de Desastres (S2ID), Transferência de Recursos do Governo Federal: Gestão e Utilização do Cartão da Defesa Civil.

O evento é realizado pelo Gabinete Militar do Governador, por meio da sua Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, tendo como parceria a Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam). A capacitação acontece no auditório da PUC MINAS em Contagem.

O coordenador adjunto da Cedec, Tenente Coronel PM Juliano Cançado Dias, destacou o esforço da Cedec em promover cursos para a capacitação do pessoal de defesa civil em Minas Gerais.

“Essa é uma iniciativa importante para agregar novos conhecimentos que contribuem para a ação de prevenção e gestão das áreas sujeitas a risco no estado, visando à redução dos impactos causados por desastres”, frisou.

A preparação faz parte das ações de prevenção a desastres e são gerenciadas pela Escola Permanente de Defesa Civil, que visa capacitar agentes de Defesa Civil para atuação nos municípios mineiros, tanto em ações preventivas, quanto em medidas de enfrentamento a adversidades causadas pelas chuvas ou pela seca.

A capacitação está alinhada ao Programa Minas Mais Resiliente (MMR) que, por sua vez, atende ao contexto das Políticas Transnacionais da Organização das Nações Unidas (ONU) e desdobra Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, em âmbito de Minas Gerais. A meta do MMR é aumentar a resiliência dos municípios mineiros aos desastres.