Defensoria Pública promove ações de educação em direitos humanos e mediação escolar

  • ícone de compartilhamento

Integrando as comemorações do Dia Nacional da Defensoria Pública, celebrado em 19 de maio, a Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais promove, na quinta-feira (18/5), durante todo o dia, ações voltadas para a educação em direitos humanos e mediação escolar, na capital, RMBH, e em diversas cidades do interior do estado.

A ação será realizada com campanha informativa e de sensibilização à mediação dentro das escolas públicas, em expansão às atividades do Projeto Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar (MESC), iniciativa pioneira da Defensoria Pública mineira, desenvolvida desde 2012, com apoio da Secretaria de Estado da Educação.

Já iniciado em algumas escolas, o Projeto MESC sensibiliza os atores da escola, por meio de conversas e palestras, capacitando um grupo de voluntários na escola em mediação de conflitos e convivência cidadã.

Promovida durante curso de 40 horas/aula, a capacitação auxilia na criação de um espaço de mediação dentro da escola, enfatizando a autonomia da própria instituição para gerir seus conflitos, na maioria das vezes, antes que se transformem em violência e necessitem de medidas mais sérias e intervenção da rede parceira.

Nas atividades previstas para o dia 18, a partir das 9h, em Belo Horizonte, na Escola Estadual Governador Milton Campos, conhecida como Estadual Central, será realizada uma “Roda de Conversa”, que celebra a parceria da Defensoria Pública com a escola e seus atores, dando voz aos estudantes e suas lideranças, para retomar o diálogo sobre temas como a liderança juvenil nas escolas, ocupações escolares, comunicação na escola, grêmios estudantis e política.

No período da tarde, as atividades ocorrerão em Vespasiano, na Escola Estadual Deputado Renato Azeredo, escola piloto do Projeto MESC, onde a mediação escolar foi iniciada em 2012 e encontra-se em fase de consolidação e formação de novas turmas. A partir das 14h, a advogada e mediadora Grasielle Mello ministrará palestra sobre Comunicação Não Violenta (CNV) e mediação.

Para o desenvolvimento, no interior do estado, das atividades referentes ao tema da mediação escolar, os defensores públicos atuantes nas comarcas receberam material de apoio que será utilizado em palestras, para informação e sensibilização dos atores da escola.

Segundo a defensora pública autora e coordenadora da ação, Francis de O. Rabelo Coutinho, “a paz nas escolas é construída diuturnamente pela própria comunidade, através de ações cidadãs, com respeito à diversidade, convivência por meio do diálogo e aprendizagem na mediação. Não há milagre! É mudança da cultura do litígio para a empatia”.

Francis Coutinho ressalta que “o defensor público desempenha papel de fundamental importância enquanto agente de cidadania e transformação social, pois está na escola, na comunidade, conhecendo o conflito e vendo-o como manifestação democrática e vetor de transformação da sociedade e não como algo nocivo”.

Serviço:

Evento: Defensoria Pública com a Escola: “Paz em Ação” – Expansão do Projeto MESC – Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar

Data: 18/05/2017

9h – Roda de Conversa com lideranças estudantis e convidados

E.E. Governador Milton Campos (Estadual Central)

End.: Rua Fernandes Tourinho, 1020 - Lourdes – BH

14h – Palestra com o tema Comunicação Não Violenta (CNV) e Mediação

E.E. Renato Azeredo

End.: R. W, 69 - Morro Alto – Vespasiano