Governo do Estado promove ações em favor do meio ambiente em 102 cidades

Por meio da Copasa e seu programa Pró-Mananciais, Estado já mobiliza 1.276 pessoas, representando diversas entidades

imagem de destaque
Entre outras medidas, o programa promove ações para recuperar e preservar nascentes e mananciais
  • ícone de compartilhamento

O Governo de Minas Gerais, por meio da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), vem desenvolvendo várias iniciativas que geram impactos positivos para o meio ambiente no estado.

Por meio do programa Pró-Mananciais, estão sendo executadas ações para recuperar e preservar nascentes e mananciais, entre outras medidas. O programa já mobiliza 1.276 pessoas, representando diversas entidades, em 102 municípios mineiros.

Implementado em 2017, o Pró-Mananciais busca prevenir os efeitos agravados pela crise hídrica, no contexto das mudanças climáticas. Para isso, desenvolve parcerias com a participação das comunidades locais em conjunto com as prefeituras, representantes de escolas públicas, órgãos estaduais e ONGs, entre outros.O trabalho é realizado de forma integrada, de acordo com as políticas públicas locais.

De acordo com o coordenador do Pró-Mananciais, o engenheiro João Bosco Senra, as ações previstas e desenvolvidas nessas cidades prevê um retorno, em termo de preservação e recuperação de áreas ambientais e dos cursos d’água, em até quatro anos.

“Os resultados são esperados em médio e longo prazo, mas estamos trabalhando nesses municípios e a meta é implantar em 161, até o final deste ano. Em termos de investimentos, a Copasa está destinando cerca de R$ 20 milhões por ano para o programa”, informa Senra.

A meta previstas nos Planos de Ação de 2018 é executar 510 mil cercamentos de nascentes e de mata ciliar e plantar 350 mil mudas nativas e exóticas em microbacias utilizadas para o abastecimento público até o final do ano.

Pró-Mananciais

Desenvolvido nos municípios onde a Copasa detém a concessão dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, o programa segue a mesma tecnologia da iniciativa socioambiental “Cultivando Água Boa”, do Governo do Estado, coordenado pelo Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam).

O Pró-Mananciais representa um importante instrumento de mobilização social, estimulando a proatividade, a responsabilidade compartilhada, a solidariedade, a criatividade e o protagonismo, a partir da formação de Coletivos Locais de Meio Ambiente (Colmeia), com a participação dos agentes locais.

O programa é aprovado pela Agência Reguladora dos Serviços de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário de Minas Gerais (Arsae-MG).

Mobilização

Após a apresentação do Pró-Mananciais, a consequente aprovação pelo município e a formação do Colmeia, é realizada a Oficina do Futuro, quando são discutidos os problemas, os sonhos da comunidade e as propostas para recuperar o manancial aquele município. O produto final da oficina é o Plano de Ação local, construído de maneira participativa para cada microbacia.



Últimas